domingo, 16 de agosto de 2015

Diocese de Crato emitiu uma Nota à Imprensa na manhã do último dia 13, sobre vídeo publicado em Canal no Youtube

Paróquia São Sebastião, Nova Olinda-CE

Diante da publicação no Canal Youtube Católico Apostólico, sobre o bispo Dom Fernando Panico, a Diocese de Crato emitiu uma Nota à Imprensa na manhã desse dia, 13, deixando claro o seu posicionamento sobre o ocorrido.

Como Paróquia de São Sebastião, rezamos por nosso pastor Diocesano, e pedimos a Deus para que a verdade sempre prevaleça e que dê cada vez mais forças a nosso bispo para seguir a sua missão.

"Quem semeia injustiça colherá desgraça" (Provérbios 22:8) 

Nota à Imprensa

A Diocese de Crato vem à imprensa manifestar a sua consternação e profundo lamento, pelas calúnias e difamações contra o Bispo Diocesano Dom Fernando Panico, publicadas através de um vídeo no Canal Youtube Catolico Apostolico, dia 11 de agosto.
É notória que a intenção do autor do vídeo é difamar a imagem do pastor diocesano, que está isento de todas as acusações mencionadas pelo ex- seminarista, denegrindo também a imagem da Igreja Católica. Por isso a Assessoria Jurídica da Diocese foi acionada e o mesmo deverá responder judicialmente por tudo o que foi pronunciado, juntamente com os veículos que reproduzirem o vídeo.
Buscamos contribuir com o bem- estar da sociedade, pois, pela força do evangelho, somos promotores da justiça e da paz, anunciando Jesus Cristo que é o caminho, a verdade e a vida. Vivemos esta verdade e lutaremos para que, com o auxílio do Espírito Santo, ela sempre prevaleça.

Paróquia São Sebastião, Nova Olinda-CE
Dom Fernando Panico
A matéria abaixo reproduz uma carta de autoria de Armando Lopes Rafael, dirigida ao Pe. Joaquim Ivo Alves dos Santos, ecônomo da Diocese de Crato, Vale a pena lê-la para se ter uma ideia da indignação que tomou conta dos católicos no Cariri, pelo divulgação de vídeo -- armado e gravado --
contra o Bispo de Crato.

As peripécias dos caluniadores do Bispo de Crato
14 de agosto de 2015 Véspera da Assunção de Nossa Senhora ao Céu

Caro Pe. Ivo:

Ontem à tarde, visitando conhecida loja que vende artigos religiosos, a proprietária do estabelecimento, dona Luci, ficou surpresa quando eu disse que o homem que gravou o vídeo com acusações a Dom Fernando era um doente mental. Estupefata, ela disse-me:
– E por que a Diocese não divulga esse fato?. Ninguém está sabendo disso...
Creio que este é o sentimento geral porque passa a população católica do Cariri, a qual foi agredida com o vídeo montado por uma minoria ínfima que tenta, há anos, desestabilizar o governo episcopal de Dom Fernando Panico à frente da Diocese de Crato!
Desta vez essa minoria vem de impetrar mais uma de suas torpes e indecorosas ações, além das muitas já levadas a efeito contra a dignidade e a honra pessoal de Dom Fernando: a postagem na Internet, na tarde de terça-feira, dia 11, de um vídeo – sórdido e infame – onde é utilizada e manipulada uma pessoa doente mental, acometida de sintomas psicóticos, portadora de transtorno e distúrbio mental de origem emocional.
O estrago foi grande, embora não tenha sido uma surpresa para nós que trabalhamos na Cúria. Dessas calúnias essa minoria, inevitavelmente, um dia prestará contas à Justiça de Deus! Principalmente porque já sabemos que já na próxima 3ª feira (dia 17 de agosto) esse grupelho vem com nova calúnia, agora a ser publicada num jornal editado em Juazeiro, caluniando Dom Fernando por “desvios” em dinheiro da Cúria. Veja a que ponto chega a vilania desses desalmados. Será que mais uma vez a mentira vai substituir a verdade? Será que Deus vai permitir mais essa maldade?
Dias atrás o Senhor Bispo de Crato já havia sido alertado sobre a montagem dessa nova trama e armação, a qual vinha sendo urdida no submundo do anonimato, com o objetivo de macular a exemplar conduta pessoal de Dom Fernando. Descobriu-se agora que se trata de um vídeo manipulado e direcionado, como já foi preambularmente percebido por experiente Policial.
Na data de 03 de agosto último, Dom Fernando Panico, acompanhado do advogado da Assessoria Jurídica da Diocese de Crato, registrou na Polícia o Boletim de Ocorrências nº 488–12093/2015, antecipando toda essa conspiração que irrompeu do lamaçal nauseabundo, característica da personalidade e do agir dessa minoria, que se ocupa unicamente de espalhar aleivosias contra o Bispo de Crato. Com este vídeo, montado e agora divulgado na Internet, no qual foi utilizado o depoimento de um doente mental, dá-se curso à armação que visa unicamente prejudicar o Pastor Diocesano, com o propósito de desmoralizá-lo e retirá-lo do governo episcopal.
De concreto temos apenas o fato de a Assessoria Jurídica da Diocese de Crato ter dado entrada no Poder Judiciário com um processo pedindo uma liminar contra essa montagem deplorável. Importante dizer que um médico que trata o senhor que aparece no vídeo, e que é portador de distúrbios mentais, informou através de um laudo (em poder do Juiz de Direito que deferiu a limitar para retirar o vídeo da Internet) que esse infelicitado cidadão, dentro da paranoia que o acomete – e em meio aos surtos e delírios –, não tem condições de discernir entre a verdade e a mentira, pois vive dentro de um círculo de psicose que o faz perder o contato com a realidade, razão pela qual se aproveitando dessa enfermidade, os desafetos do Bispo manipularam essa pessoa na montagem dessa armação.
Não percamos a fé de que a verdade ainda pode prevalecer. Adotadas as primeiras providências judiciais, a Diocese de Crato terá oportunidade não só de identificar a pessoa que postou esse vídeo (que, aliás, já está identificado, como também o equipamento usado para praticar essa infâmia), mas também saber quem participou da montagem dessa armação e conspiração.
Passo seguinte, após a confirmação dos nomes dos integrantes desta associação criminosa, típica do crime de formação de quadrilha, será um pedido de inquérito à Polícia Federal pedindo as providências legais cabíveis, contra o crime virtual na Internet, sem prejuízo dos outros competentes processos contra esses criminosos já em curso;
Rezemos para que Deus intervenha nessa campanha demoníaca que está sendo feita contra o bispo, mas, e principalmente, contra a nossa Igreja Católica Apostólica Romana.

Armando Lopes Rafael

Nenhum comentário:

Postar um comentário